Caderno de Desenhos

1 de jun de 2012

Angeli.





©Angeli.

Já tive essa honra. Duas vezes.
Admiro o trabalho de alguns cartunistas, mas, este é o único que ainda me faz fazer papel de tiete.
Não é só o desenho ou só a ideia. O que me deixa fascinado é que o autor e o trabalho são uma coisa só. Se você fechar os olhos e disser o nome do cartunista, automaticamente o que vem à sua cabeça é um, dentre os milhares, dos trabalhos dele. É como e não existisse mais nem uma outra pessoa com o mesmo nome. Ele é o seu próprio discurso. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário